Buscar
  • Marcos Rodrigues

08 LIÇÕES DOS SAMURAIS QUE SE APLICAM À CONTABILIDADE


Seguidores do Bushido, um código de conduta que preza pelos valores morais elevados, os samurais viveram no Japão feudal e especula-se que os primeiros tenham surgido no século VIII. A partir do século XII, com a chegada do ditador Minamoto Yoritomo ao poder, tornaram-se importantes, mantendo-se ligados ao governo até o século XIX, quando iniciou-se a era Meiji.

Apesar de sua quase extinção, o legado por conta do rígido código de honra e conduta continua vivo e influencia, principalmente, a sociedade japonesa até os dias de hoje. De acordo com a doutrina samurai (acrescentando nosso contribuição), listamos oito lições que podemos (e devemos) aplicar aos dias atuais na contabilidade e nos negócios. São elas:

1. Honestidade

“Eu não tenho poder divino, faço da honestidade meu poder divino.” Este é um trecho retirado do Credo do Samurai. A honestidade é necessária para a relação interpessoal e essa virtude está prevista no Bushido como uma obrigação para aqueles que seguem a doutrina.

Nossa Contribuição: no mundo dos negócios existe sim a desonestidade descarada, e esta cada vez pode ser vista mais em extinção, porém existe uma outra versão que é a desonestidade nas entrelinhas, e esta é que o empresário deve tomar cuidado. Vemos inúmeros contratos em que no momento da venda, somente são citadas as VANTAGENS, porém no momento da entrega do trabalho é que aparecem as DESVANTAGENS. Esses contratos, certamente não foram escritos por 'samurais'.


2. Honra

Dentre todos os princípios, a honra é um dos primordiais. Jamais deve-se abandonar sua honradez, pois as decisões tomadas são um reflexo de quem você realmente é. Todos os homens morrem, mas seu nome e seu legado podem ser eternos.

Nossa contribuição: atualmente no mercado de contabilidade e tributos, existe uma 'prostituição' de valores e serviços, que muito entristece o segmento. Durante nossa formação, aprendemos o quanto seria importante valorizarmos nosso conhecimento enquanto profissionais, e o que vemos não é bem isso, pois nem todos honram o canudo.


3. Disciplina

Quando você se propõe a aprender, deve saber respeitar os ensinamentos e manter a disciplina em relação àquele tido como superior. As etapas do aprendizado são: ouvir e refletir. Esteja disposto a isso para ser melhor hoje do que foi ontem e se aproximar ao máximo da perfeição.

Nossa contribuição: Nós da Solution, buscamos sempre ouvir e respeitar nossos 'mentores' técnicos, para que possamos levar o melhor conhecimento aos nossos parceiros, seguidores e clientes. Sabemos que temos uma longa e tortuosa caminhada de aprendizado e troca, mas é justamente isso que nos da forças para seguir adiante.


4. Benevolência

Aqueles que possuem habilidades superiores devem usá-las para o bem do próximo acima de tudo, não havendo necessidade de provar a ninguém essa superioridade. Deve-se ajudar os outros em cada oportunidade e ser cortês até mesmo com seus inimigos.

Nossa contribuição: de nada serve o conhecimento se não para ajudar as outras pessoas, quer sejam físicas ou jurídicas. Quer seja o aluno que busca conhecimento ou o empresário. Ninguém é melhor do que ninguém e muitas vezes vemos pessoas ótimas em uma função que nada sabem de outra. Então somos eternos aprendizes e eternos professores. Na área tributária e contábil, presenciamos todos os dias muita pose, e na maioria das vezes, pouca substância. Respeitemos nossos profissionais de todos os portes.


5. Dever

Uma palavra pronunciada ou uma ação executada jamais será esquecida. Os samurais não fogem de seus deveres — e são sempre inteiramente responsáveis por aquilo que fizeram, arcando com as consequências desses atos, sejam elas quais forem.

Nossa contribuição: vemos diversos clientes que vêm até nós citando que por exemplo, pagam sua contabilidade mas a mesma não atende suas necessidades. Outros contrataram um serviço de revisão ou de planejamento que não receberam. Saiba identificar e contratar profissionais que demonstrem confiança, presença e principalmente o objetivo de solucionar seu problema, quer seja pelo olho no olho, quer seja mediante um contrato bem amarrado. Evite pirataria (contratar profissionais irresponsáveis para com o seu dever).


6. Autocontrole

Saber controlar as emoções em uma situação é determinante para se chegar ao sucesso desejado. Esse autocontrole irá deixa-lo consciente e seguro de seus atos, mesmo quando houver escassez de táticas.

Nossa contribuição: Acompanhamos profissionais das áreas contábil e tributária a mais de 05 anos e em inúmeras situações, quando identificamos algum equívoco técnico no seu serviço, nos deparamos com profissionais que foram mal educados e se exaltaram, pois seus argumentos técnicos acabaram e assim eles partiram para a discussão sem regras. Assim como em qualquer área, somos passíveis de errar, e a humildade perante nossos erros é que nos torna mais fortes.


7. Prontidão

Estar sempre preparado para quaisquer adversidades é imprescindível. Um samurai deve saber fazer a leitura da situação com facilidade e destreza para, então, agir sem hesitar, chegando à sua resolução.

Nossa contribuição: com as atuais mudanças econômicas, o bom profissional deve estar pronto para os desafios, que já se instauraram e que estão por vir. A capacidade de adaptação e a flexibilidade na diversidade são essenciais para um bom desempenho. Estamos passando por um período de mudanças, onde as máquinas já fazem uma boa parte do nosso trabalho e certamente, ainda farão mais do que já fazem atualmente. Que tenhamos sabedoria e humildade para estarmos prontos.


8. Coragem

O medo é uma forma de fracasso para o samurai. A partir dos ensinamentos do Bushido, o indivíduo deve tornar-se seguro e totalmente destemido, estando preparado para enfrentar tudo e todos sem qualquer receio de derrota, agindo sempre com precisão até mesmo nas situações mais adversas.

Nossa contribuição: nosso principal inimigo somos nós mesmos. Todos os dias temos um grande desafio de levantar e ter forças de encarar os problemas. Temos que saber comemorar os pequenos passos e as pequenas vitórias, pois serão elas que nos darão forças para seguir adiante. Não devemos nos preocupar tanto com o final da caminhada, temos que curtir o decorrer dela, trabalhar com ardor e foco, pois unindo essas características, certamente alcançaremos nosso objetivo final.


Obrigado a todos por terem dedicado um tempo a essa leitura.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© Solution Consultoria Contábil e Tributária.